Image for post
Image for post
Foto: Andiyko Podilnyk | Unsplash

Seja por modismo ou pela busca por uma explicação para tudo o que está acontecendo no mundo, é muito comum surgirem expressões, acrônimos ou siglas, conhecidas como Buzz Words.

BANI é a sigla mais recente, que tenta resumir as percepções sobre os sentimentos das pessoas de acordo com os acontecimentos que transformam a humanidade. Vem do acrônimo em inglês Brittle (Frágil), Anxious (Ansioso), Non linear (Não linear) e Incomprehensible (Incompreensível).

Este termo foi apresentado à sociedade durante um evento no Institute for The Future (IFTF) em 2018. O argumento é de que, agora, nós não vivemos mais no mundo VUCA…


Image for post
Image for post

Quando somos responsáveis por alguém ou por algo, nosso primeiro impulso é o de cuidar, zelar.

Seja uma pessoa, uma empresa ou um processo, perceber que tudo o que recebe atenção e dedicação cresce e evolui faz com que os frutos sejam ainda mais comemorados. Afinal, o cuidado valeu a pena e o significado dos resultados são mais intensos.

Cuidar dá trabalho. Demanda energia, tempo, foco e atenção individual. Não é todo mundo que está disposto a trilhar este caminho — e talvez este seja o grande dilema de líderes que buscam resultados em escala. Diante daquilo que é urgente, importante ou delegável, perde-se a preciosa oportunidade de olhar para o essencial. …


Como você está se preparando para quando sua profissão desaparecer?

As perspectivas profissionais parecem menos definidas e mais imprevisíveis quando olhamos para o futuro. Na correria do dia-a-dia não paramos para refletir sobre o quanto a nossa carreira pode estar em risco.

O Life Design surgiu para nos auxiliar a planejar a trajetória de vida e nela incluir os percursos profissionais. É cada vez mais alta a probabilidade de termos mais de uma ocupação profissional em nossa vida.

Se você estiver percebendo que precisa fazer uma escolha, reflita sobre o seu projeto de vida e considere:

- Pensar no futuro…


Image for post
Image for post

Para onde vamos e o que o futuro nos reserva são perguntas que merecem ter uma análise mais profunda.

Longe de querer ser simplista ou fazer um exercício de futurologia, é importante compreender que a evolução da humanidade caminha de mãos dadas com a das organizações. A crise que estamos vivendo pode ser explicada pela obsolescência dos modelos de desenvolvimento e crescimento adotados por instituições públicas ou privadas.

As empresas que nasceram pós-internet têm mais chances de sobreviverem devido às novas concepções centradas na solução e modelos mais flexíveis. …


Image for post
Image for post

Falar sobre os impactos das transformações que estamos vivendo faz bem e fortalece. Afinal, a nossa vida foi, literalmente, virada de cabeça para baixo em 2020. Fomos obrigados a tempos de reclusão para proteger vidas: nossas próprias e a de nossos semelhantes. Houve medo, pânico, mortes e mudanças de hábitos para pessoas de todas as idades, em todos os lugares. A fragilidade humana ficou exposta diante do caos.

Tem sido um ano transformador para a minha vida. Muito aprendizado e oportunidades de crescimento. Além de ter escrito o capítulo de um livro como coautora, vivi um período de adaptação ao…


Image for post
Image for post
Sede do Nubank, SP em 2019

Você está ocupando os espaços em branco?

Se eu disser que todos os negócios e atividades existem oportunidades, que eu chamo de “espaços em branco”, prontos a serem ocupados que vai proporcionar mais realização pessoal e profissional, você concorda?

Acredito na existência destes espaços e serão ocupados por alguém para que as organizações evoluam.

Se você é a pessoa certa, está no lugar certo e na hora certa, não tem erro! O palco é todo seu!

Mas se ainda não estiver no palco, não perca tempo!

Pela minha experiência profissional, uma boa dica para mapear estes espaços estão na estratégia…


Image for post
Image for post

Gestão humanista das organizações

Adepta a um estilo de vida mais zen, com um propósito de humanizar as organizações, por meio do cuidado com as pessoas e da curadoria de soluções, sempre. tive a convicção na evolução do ser humano a partir dos seus talentos e habilidades.

Minha. inquietude, curiosidade e sempre pronta a aprender, reaprender e desaprender (porque não), enxergando cada oportunidade ao meu redor, definindo estratégias e agindo com coerência, sempre fez parte da minha trajetória pessoal.

Minha formação teve um viés humanista e consolidei minha percepção da humanização das empresas na graduação em administração de empresas.

Segui…

Adriane Moraes

Consultora de desenvolvimento e cultura de colaboração. Meu propósito é humanizar organizações a partir do presente e construindo o futuro.

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store